Claudio's FotoPage
HOMENAGEM AO ATOR CLAUDIO FONTANA
By: Claudio Fontana

[Recommend this Fotopage] | [Share this Fotopage]
[<<  <  [1]  2  3  4  5  6  7  8  9  >  >>]    [Archive]
Wednesday, 3-Dec-2008 02:23 Email | Share | | Bookmark

Estréia Cine Teatro Limite
Estréia Calígula
Estréia Calígula
View all 9 photos...


Monday, 22-Jan-2007 04:31 Email | Share | | Bookmark
Leituras No Masp

Cláudia Missura, Cláudio Fontana, Karin Rodrigues e Paulo Autran
Leitura
Bastidores
View all 8 photos...
Letras Em Cena
www.letrasemcena.art.br/

Foto 1 a 4
MÃE É CARMA de Elias Andreato
Com Paulo Autran, Karin Rodrigues, Cláudio Fontana e Cláudia Missura

restantes
Amigas Pero No Mucho de Célia Forte
Com Leopoldo Pacheco, Cláudio Fontana, Marcelo Médici e Elias Andreato


Monday, 8-May-2006 05:47 Email | Share | | Bookmark
ADIVINHE QUEM VEM PARA REZAR EM BAURU

No restaurante
Momento do bate-papo no Teatro Municipal de Bauru
Momento do bate-papo no Teatro Municipal de Bauru
View all 35 photos...
como foi a peça em bauru
acabei de chegar de bauru, onde tive o privilegio de estar ao lado de claudio e de toda a equipe maravilhosa de adivinhe
o espetáculo está mais dinâmico e claudio cada vez melhor em cena
o público gostou muito. isso eu pude perceber pela reação do público e pelas conversas que eu ouvi hehehe)
ah INGRESSOS ESGOTADOS EM TODAS AS APRESENTAÇÕES

agradeço ao renato da chiquito produções que me recebeu na cidade

agradeço ao claudio por ser esse moço alegre e atencioso(logo publicarei uma materia MUITO ESPECIAL)



revi Bauru - morei lá em 1992, pois cursei um semestre de rádio e TV na Unesp...

fotos referentes à peça - 6 de maio
fotos de Bauru - 7 de maio


Saturday, 6-May-2006 12:00 Email | Share | | Bookmark
"COM VISTA PARA DENTRO" conquista a platéia do Letras Em Cena

Os atores Cláudio Fontana e Elias Andreato
Os atores
Os atores
View all 9 photos...
O mais novo texto de Sérgio Roveri, vencedor do primeiro lugar no Prêmio Funarte de Dramaturgia 2005, conquistou a platéia do Letras Em Cena. Lido pelos atores Elias Andreato e Cláudio Fontana e dirigido por Gabriel Villela, o texto levou o público às gargalhadas na noite do dia 3, no Grande Auditório do MASP.

Um público heterogêneo, marcado pela presença de diversos atores, diretores e produtores, se deliciou com as tiradas de Claudionor e José Mário, dois limpadores de vidraças que falam da vida para o tempo passar. Enquanto "filosofam", vão desenvolvendo teses sobre quase tudo na tentativa de matar o tempo e amenizar a dor de suas vidas e de seus trabalhos.

Sempre com muito bom humor, Sérgio, como sempre, revela-se mais uma vez um grande autor, de uma humanidade deliciosa. "Este texto, como todos do Sérgio, é prazeroso, de uma humanidade impressionante", observou Denise Del Vecchio, durante o bate-papo no final. "O texto aborda questões universais, que todo mundo já pensou, como a questão das tolhas de papel. Pouco importa se são limpadores de vidraças ou outros profissionais, a peça nos conquista pelos detalhes humanos que aborda!", destacou Tuna Dwek, também.

Muitos presentes elogiaram o texto e a atuação dos atores, alguns inclusive solicitando cópia para leitura posterior. Algumas pessoas solicitaram cópia via e mail, no entanto, quem preferir ler COM VISTA PARA DENTRO em livro, pode esperar um pouquinho mais, já que a Funarte planeja publicá-lo em breve. Confira as fotos da leitura:

Fotos: Mônica Cuppi



Tuesday, 2-May-2006 02:25 Email | Share | | Bookmark
Isto É Gente

 
Teatro
De filho para pai
Em cartaz ao lado de Paulo Autran, ator pôs fim a uma relação formal com o pai graças à peça e diz que atuar em tevê é muito chato

texto: Rodrigo Cardoso
foto: claudio gatti





¿Eu nunca havia dito ¿eu te amo, pai¿, apesar de amá-lo¿, conta o ator, de 43 anos
O ator Claudio Fontana é o caçula de três filhos de um engenheiro, descendente de italianos, e uma professora, de espanhóis. Renato, seu pai de 73 anos, o levava para jogos de futebol, à piscina, à praia. Em público ou em casa, porém, existia uma formalidade entre os dois. ¿Eu o cumprimentava dando a mão¿, conta o ator. Ao encenar ao lado de Paulo Autran Adivinhe Quem Vem Para Rezar, que está em cartaz e fala da relação pai-filho, Claudio quebrou esse tabu. ¿Depois dessa peça, passei a dar beijo no rosto do meu pai¿, diz o ator, 43 anos. ¿No final dela, eu sempre falo: ¿Ao meu pai, Renato¿. É uma forma de dizer ¿eu te amo¿. Eu nunca havia dito ¿eu te amo, pai¿, apesar de amá-lo.¿
Renato, o pai, tem uma explicação para a formalidade. ¿Meu pai (avô do ator) não costumava cumprimentar com beijo e abraço¿, diz. ¿Mas a minha relação com meus filhos sempre foi franca, amigável e afetuosa.¿ Claudio já fez mais uma dezena de peças em 14 anos de carreira e estranhou no começo dela o fato de os atores se abraçarem e beijaram.

Paulo Autran, com quem divide o palco pela primeira vez, rasga-lhe elogios: ¿Nos damos muito bem. Claudio é uma pessoa ótima, excelente ator. É um prazer fazer a peça com ele. Como produtor da peça, é corretíssimo, eficiente. Estou encantado com a companhia dele. Pode exagerar nos adjetivos porque é tudo verdade!¿.

Na tevê, Claudio estreou em Deus nos Acuda, na Globo, em 1992. Atuou ainda na Record e SBT, mas se incomoda com os rótulos: ¿Só me chamam para fazer o (papel do) filho ou o pai jovem. Televisão é muito chato. Não tem desafio!¿.

Ele, que largou uma bem sucedida carreira de gerente de marketing para se tornar ator, praticou atletismo por 15 anos. Solteiro e morando sozinho, corre uma hora por dia pelas ruas de seu bairro e parques. Na seqüência, vai direto à academia. ¿Decoro texto correndo¿, conta. ¿O cara onde compro Gatorade, depois das corridas, fala: ¿Pô, você fica falando sozinho quando corre!¿. E eu: ¿É de família¿.¿

http://www.terra.com.br/istoegente/344/reportagens/claudio_fontana.htm



[<<  <  [1]  2  3  4  5  6  7  8  9  >  >>]    [Archive]

© Pidgin Technologies Ltd. 2016

ns4008464.ip-198-27-69.net